Hello our valued visitor, We present you the best web solutions and high quality graphic designs with a lot of features. just login to your account and enjoy ...

XAROPES

XAROPE DE MEL COM PRÓPOLIS, GENGIBRE E EUCALIPTO - 180G



O gengibre age como antisséptico, expectorante e digestivo, o eucalipto é um reconhecido antisséptico das vias respiratórias e a própolis, um antibiótico natural.
O gengibre apresenta inúmeras propriedades farmacológicas: antisséptico, antiemético, antiinflamatório, bacteriostático, carminativo, estimulante da circulação periférica e estomáquico. Pelo fato de seus componentes atuarem sobre o aparelho digestivo, pode ser útil em casos de falta de apetite e digestões difíceis. Devido ainda, a seu poder carminativo ajuda a combater a flatulência e impedir a formação de gases. Vários estudos realizados ao longo deste século revelaram uma excelente atividade antiemética do gengibre sem desencadeamento de sonolência, útil em casos de enjôos provocados pelo movimento (viagens). Estão descritas ainda propriedades anti-sépticas benéficas nos casos de infecções das vias aéreas e inflamações de garganta.

 

INFORMAÇÕES TÉCNICAS

Marca: Herbamel

Nome Comercial: Mel com Gengibre, Própolis e Eucalipto.

Identificação do Produto: mistura de mel com extrato fluido de Zingiber officinal, extrato de própolis, e óleo essencial de Eucalyptus globulus.

Forma de Apresentação: pote de vidro de 300g.

 

INFORMAÇÕES AO CONSUMIDOR

O mel com própolis, gengibre e eucalipto foi desenvolvido buscando tornar possível ao consumidor aproveitar as excelentes propriedades de seus três componentes. O gengibre, largamente conhecido em nossa cultura, funciona principalmente como, anti-séptico, expectorante e digestivo, além de fornecer ao organismo proteínas e sais minerais, o eucalipto é um reconhecido anti-séptico das vias respiratórias e a própolis, um antibiótico natural. A presença do mel proporciona um sabor agradável e beneficia o organismo com suas propriedades.

 

O gengibre, cientificamente chamado de Zingiber officinale, é uma planta herbácea de cerca de 90cm de altura, e cuja parte subterrânea é constituída por rizomas carnosos. Originária da Índia espalhou-se rapidamente pela Europa e América pelas mãos de mercadores e colonizadores. É mundialmente conhecido e apreciado como especiaria por suas características aromatizantes. No entanto, pode ser muito mais que um simples condimento, a planta quente, como é popularmente conhecido pode proporcionar grandes benefícios ao organismo.

As propriedades medicinais e nutricionais do gengibre concentram-se no rizoma, que apresenta a seguinte composição química: 2,4% de proteínas e aminoácidos 12,3% de carboidratos (amido, glucose e frutose) 1,2% de sais minerais (cálcio, fósforo, ferro, sódio, potássio e magnésio) gorduras vitaminas (tiamina, riboflavina, niacina, A e C) 1 a 3% de óleos essenciais (citral, cineol, zingibereno, gingeróis, zingiberol, bisaboleno, geraniol, acetato de geranila, chugaóis, d-cafeno, beta-felandreno, borneol, linalol, acetatos e caprilatos de zingiberol).

O gengibre apresenta inúmeras propriedades farmacológicas: anti-séptico, antiemético, antiinflamatório, bacteriostático, carminativo, estimulante da circulação periférica e estomáquico. Pelo fato de seus componentes atuarem sobre o aparelho digestivo, pode ser útil em casos de falta de apetite e digestões difíceis. Devido ainda, a seu poder carminativo ajuda a combater a flatulência e impedir a formação de gases. Vários estudos realizados ao longo deste século revelaram uma excelente atividade antiemética do gengibre sem desencadeamento de sonolência, útil em casos de enjôos provocados pelo movimento (viagens). Estão descritas ainda propriedades anti-sépticas benéficas nos casos de infecções das vias aéreas e inflamações de garganta. Devido a suas característica picante é um eficiente estimulante circulatório que auxilia o tratamento de casos de má circulação.

A Uniflora produz seu próprio extrato de gengibre a partir do rizoma da planta. A produção própria permite um controle maior da qualidade do produto final, uma vez que o extrato produzido é ajustado ao padrão Uniflora antes de ser incorporado ao mel.

A própolis é uma substância resinosa e balsâmica, que possui coloração e consistência diversas, variando da coloração marrom até verde escuro. É produzida pelas abelhas a partir brotos e exudatos resinosos de plantas, e utilizada no interior da colméia para soldar favos, envernizar os alvéolos, fechar frestas para redução da entrada de vento frio, e, principalmente, dos inimigos naturais: fungos e bactérias. Também é utilizada para embalsamar pequenos animais mortos pelas abelhas e que não puderam ser retirados, evitando assim a putrefação.

A composição química da própolis depende da ecologia botânica de cada região, mas em geral é composta de 50% de resina e bálsamo, 30% de cera, 10% de óleos essenciais e aromáticos, 5% de pólen e 5% de várias outras substâncias. Até o momento já foram identificados mais de 200 compostos químicos na própolis, dentre os quais, flavonóides, ácidos aromáticos, terpenóides, aldeídos, álcoois, ácidos alifáticos e ésteres, aminoácidos, esteróides, açucares, etc. Os intensos estudos sobre própolis revelam que estes compostos são os responsáveis pelas suas diversas ações fisiológicas: antimicrobiana (funciona como um antibiótico natural), antiinflamatória, cicatrizante, antifúngica, anestésica e antioxidante (combate os radicais livres).

A Uniflora trabalha somente com própolis selecionadas das quais é obtido, através de equipamento desenvolvido para maximizar a extração, um extrato de própolis altamente concentrado. Nossos laboratórios analisam a composição de cada extrato obtido e preparam um blend de forma a obter o extrato de própolis padrão que é então utilizado na elaboração de produtos. A qualidade do extrato de própolis padrão é controlada através dos seguintes parâmetros: dosagem do teor de flavonóides, grau Brix, porcentagem de resíduo seco, graduação alcoólica e densidade.

O Eucalyptus globulus, conhecido popularmente como eucalipto, é originário da Austrália é uma árvore frondosa e de grande porte sua casca lisa branca-cremosa vai se descascando e renovando ao longo do tempo a folhagem juvenil é ovalada e de coloração prata-azulada. As partes de interesse farmacológico são as folhas e principalmente o óleo essencial que é extraído das folhas. Este pode ser considerado o principal componente ativo do eucalipto. A composição do óleo é apresentada a seguir: cineol (eucaliptol), um composto terpênico com o odor típico do eucalipto, terpineol e pineno ácidos polifenólicos (gálico, caféico) e flavonóides (eucaliptina, rutina). A erva aromática tem função estimulante, descongestionante e expectorante pode ser usada externamente, em inalações, para catarro, bronquite, sinusite, resfriados e gripe.

A presença do óleo de eucalipto reforça o poder anti-séptico das vias respiratórias do mel com gengibre.

O mel é produzido pelas abelhas a partir do néctar das flores. É um alimento rico, que apresenta em sua composição açucares simples de rápida assimilação pelo organismo, sais minerais (potássio, sódio, cálcio, fósforo, ferro, manganês, etc.), aminoácidos, enzimas e vitaminas. Apresenta as seguintes propriedades: expectorante, fluidificante, cicatrizante, e anti-séptico.

O mel utilizado na Uniflora provém de produtores cadastrados, com acompanhamento constante de suas produções. Todos os lotes recebidos são analisados rigorosamente, não só com referência à pureza, mas também às condições higiênicas de extração, que garantem a qualidade do produto.

 

RESTRIÇÕES

Não deve ser utilizado em caso de sensibilidade a algum dos componentes do produto. A literatura consultada não recomenda o uso sem conhecimento médico no caso de gestantes e pessoas com cálculos renais ou biliares.

O gengibre não deve ser associado a medicamentos que tenham ação anticoagulante como aspirina, varfarina e ibuprofeno, para que não ocorra uma potencialização deste efeito.

Crianças abaixo de 01 ano de idade devem utilizar o produto somente sob orientação do pediatra.

EFEITOS COLATERAIS

Conforme literatura consultada, a dosagem recomendada do mel com gengibre, própolis e eucalipto não causa efeitos colaterais.

 

GRADUAÇÃO ALCOÓLICA

Os extratos de plantas utilizados na produção dos méis compostos são obtidos utilizando-se como veículo extrator o álcool (etanol). A adição destes extratos ao mel faz com que o produto final apresente uma pequena quantidade de álcool, que é designada como graduação alcoólica. Quanto maior a graduação alcoólica, maior a quantidade de álcool contida no produto.

Apresentamos na tabela abaixo os valores referentes ao mel com gengibre, própolis e eucalipto.

 

Para que o consumidor tenha um idéia mais palpável da quantidade de álcool presente no produto, podemos fazer uma comparação com a cerveja, largamente consumida no dia a dia:

01 colher de sopa do HERBAMEL de gengibre, própolis e eucalipto...........0,4g de álcool

01 copo de cerveja (200ml)...........................................................................10g de álcool

 

A dose do Herbamel apresenta 25 vezes menos álcool que um copo de cerveja.

 

CUIDADOS DE ARMAZENAMENTO

O pote deve ser armazenado em local fresco e ao abrigo da luz solar.

Cuidados em relação à temperatura de armazenamento são recomendados, uma vez que temperaturas altas (acima de 45C°) podem alterar alguns compostos do mel e dos extratos adicionados levando a uma diminuição de sua ação no organismo já as baixas temperaturas favorecem (ou aceleram) o processo natural de cristalização do mel, o qual não prejudica as propriedades do produto, mas requer um tratamento em banho-maria para descristalização.

 

PRAZO DE VALIDADE

O produto tem prazo de validade de 02 anos.

Não consuma o produto com o prazo de validade vencido.


Modo de Usar:
Adultos:
 1 colher de sopa (15ml) até 3 vezes ao dia.
Crianças: 1 colher de sobremesa (7ml) até 3 vezes ao dia.